Mundo Operário

CAXIAS DO SUL

Passageiros? Rodoviários? Não! Os empresários que paguem a conta!

Mesmo semanas depois de ser decidido que não haveria aumento na passagem esse assunto não sai da pauta: uns querem que sejam os rodoviários, outros que sejam os passageiros a pagar a conta. Por que não os empresários?

quarta-feira 22 de fevereiro de 2017| Edição do dia

A VISATE já começou o ano com a velha ladainha das empresas: “o lucro caiu”. Pediam um reajuste insano de R$ 4,25 para que os passageiros pagassem a conta do seu prejuízo, como se R$ 3,40 já não fosse absurdo. A VISATE, única operadora de Caxias, quer que a gente acredite na sua história de prejuízo. Mesmo transportando 100 mil pessoas por dia e faturando cerca de 1 milhão a cada 5 dias de operação?

Então começam as manobras. A VISATE não pôde atacar os passageiros então decidiu atacar seus rodoviários. A velha falácia da patronal dos transportes: “já que não aumentou a passagem não vai ter dissídio”.

Aí vem aquela situação comum desse tipo de impasse: setores se digladiando para jogar a conta ou para os rodoviários ou para os passageiros. Mas poucos dão a resposta que vai beneficiar a maioria: os donos da VISATE que paguem a conta!

Os passageiros e rodoviários tem uma colaboração mútua que jamais terão com o patrão, um supre a necessidade do outro, não podem ser iludidos por manobras e começarem a disputar uns contra os outros: unam-se contra os patrões enganadores!

Passageiros, o que os patrões já fizeram por vocês? Além de cobrar tarifas absurdas pelo direito ao transporte? Os rodoviários pisam nos pedais, viram o volante e consertam os ônibus que levam vocês até seu trabalho ou escola.

Rodoviários, seu emprego existe para levar estudantes e outros trabalhadores ao seu destino. O patrão não precisaria de você se não houvesse passageiros, e você não precisa do patrão.

Nesse debate em que a sociedade está se dividindo entre uma solução suja e uma mal lavada, propomos aqui a solução para todos os trabalhadores, rodoviários e estudantes: os empresários que resolvam seus problemas!

Se está ruim operar nessas condições eles que procurem outra coisa pra fazer! Já que falam isso pra seus funcionários frequentemente. Procurem outra ocupação e a empresa que será estatizada sob controle dos trabalhadores e usuários!




Tópicos relacionados

Caxias do Sul   /    Caxias do Sul   /    Mundo Operário

Comentários

Comentar