Política

GOVERNO BOLSONARO

Partido de Bolsonaro teve candidata laranja no Pernambuco

Partido de Bolsonaro, PSL, teve uma candidata laranja no estado de Pernambuco que sozinha recebeu, da direção do partido, 400 mil reais, onde quase 90% do valor foi gasto em uma gráfica no Recife, no bairro Arruda.

segunda-feira 11 de fevereiro| Edição do dia

A então candidata a deputada federal pelo estado de Pernambuco, Lourdes Paixão, chegou a receber uma quantia maior a candidatos ligados diretamente à Bolsonaro, como seus filhos ou a então candidata a deputada federal por São Paulo Joice Hasselmann, que foi grande aliada de Bolsonaro na campanha de 2018, que foi totalmente baseada e apoiada em fake news e na carta branca do judiciário para promover mentiras e enganar milhões de trabalhadores com uma política mentirosa e de ataques as mulheres, Lgbts e negros.

A então candidata Lourdes Paixão, que antes de ser candidata do partido de Bolsonaro era secretária administrativa do PSL em Pernambuco, indicou na prestação de contas a polícia Federal o endereço da gráfica, mas o endereço indicado não correspondia a uma gráfica e sim a uma oficina. Foi informado que antes o espaço, indicado pelo endereço, estava vazio e não existia nada funcionando no local.

O candidato a presidente que veio com um falso discurso de acabar com a corrupção, de uma “nova” política, mas que claramente está com as mãos dadas a setores da “velha política” como Rodrigo Maia, (apoiado por Bolsonaro a reeleição à presidência da câmera) que deu declarações recentes que todos conseguem trabalhar até 80 anos para aprovar o projeto da burguesia que quer atacar os trabalhadores e fazer com que trabalhemos até morrer.

Lourdes Paixão e o dono da suposta gráfica não conseguiram ainda explicar a o por que quase todo o dinheiro da campanha foi gasto nessa gráfica quatro dias antes do dia das urnas estarem abertas, a candidata não conseguia nem lembrar o quanto foi gasto em panfletos e santinhos na sua campanha e foi equivalente a 380 mil reais.
O partido de Bolsonaro, tem outras denúncias de candidatos laranjas em Minas Gerais e em outros estados, mostrando que o PSL sucumbe a velha casta política corrupta e suja para lavar dinheiro de campanha, desmascarando o discurso mentiroso e fraudulento de Bolsonaro e seu clã.

Isso também demonstra qual o papel das mulheres para a extrema direita, ainda mais em um partido dominado por homens absolutamente misóginos e conservadores. Em todo mundo as mulheres se levantam com muita força contra a ordem patriarcal e a crise capitalista. Em resposta a isso os setores mais reacionários e conservadores da sociedade, defensores da ideologia de extrema direita, encabeçada por Trump, Bolsonaro e o PSL, buscam calar essa vontade de luta, para manter as mulheres subordinadas aos seus interesses. Para eles as mulheres são no máximo apêndice para seus desvios e joguinhos políticos. As mulheres podem estar na linha de frente para enfrentar Bolsonaro e s extrema direita. Se organizando desde cada local de trabalho e estudo, para fazer com que o próximo 8 de março, dia internacional das mulheres, também seja um grande dia de luta contra Bolsonaro, seus ataques e a ideologia conservadora que ele representa.




Tópicos relacionados

Governo Bolsonaro   /    Mulheres Contra Bolsonaro   /    PSL   /    Jair Bolsonaro   /    Corrupção   /    Política

Comentários

Comentar