Mundo Operário

PCdoB E SUAS ALIANÇAS

PCdoB parabeniza aliança entre a CTB e a FIESP golpista

Após colocar Rodrigo Maia em assento de honra em seu congresso e votar a favor da reforma politica, agora o PCdoB comemora aliança com a FIESP.

sexta-feira 15 de setembro| Edição do dia

Em matéria no site do PCdoB, os deputados federais Orlando Silva (PCdoB/SP), Assis Melo (PCdoB/RS) e Daniel Almeida (PCdoB/Ba) comemoraram a CTB, entidade sindical ligada ao partido de ter um acordo junto a golpista Federação de Industrias do Estado de São Paulo (FIESP) "contra o desemprego". Leia o artigo aqui

Num discurso mentiroso de "dar uma alternativa a crise" que é adotado por Temer, Rodrigo Maia, Aécio e a elite que quer enfiar a precarização por goela abaixo dos brasileiros. Isso ficou bastante claro quando esse partido, que de comunista não tem nada, votou a favor da clausula de barreira da reforma política que censurará a luta dos trabalhadores e da esquerda.

A parlamentar Jô Moraes (PCdoB/MG) teve a coragem de afirmar: "a unidade construída em defesa do emprego, que reúne classe trabalhadora, empresários, comércio, agronegócio e o Estado, comprova o empenho destes setores em reverter o cenário de crise e que atinge em demasiado o povo". O discurso propagado por ela reflete o cinismo desse partido, querendo que os trabalhadores se unam com os capitalistas, os mesmos interessados na precarização da vida dos trabalhadores com sua absurda reforma trabalhista, PEC 55, reforma do ensino médio e todo o pacote de ataques de Temer, e que querem forçar para que o trabalhador trabalhe até morrer com a reforma da previdência.

O PCdoB recentemente mostrou sua tendência a conciliação com os golpistas quando trouxe Rodrigo Maia para seu congresso e o colocou em assento de honra. nada diferente do que é a estratégia desse partido que se recusou a travar tipo de luta séria, boicotando abertamente a Greve Geral do dia 28 de abril e do dia 30 de junho, enquanto Temer implementa seus ataques estavam mais preocupados em fazer seu jogo sujo de conciliação de classes. Agora mais explicitamente fazem coro ao discurso de crescimento junto aos patrões, elogiando iniciativas conjuntas com os donos dos patos.

A aliança da CTB com a FIESP é demonstração de mais uma traição aberta dessa central, que já vem negociando com Rodrigo Maia os termos de sua contribuição sindical para continuar recebendo a sua fatia do bolo da exploração capitalista, cooptados para dentro da maquina estatal, travando a luta dos trabalhadores para sugar como sanguessugas todo o vigor transformador da classe e se auto-promover num escuso jogo de interesses.

A votação na anti-democrática clausula de barreira é outra demonstração de que esse partido só existe para trair os trabalhadores, pela clausula votada o partido que não alcançar 1,5%, com ao menos 1% em nove estados, será excluído de todo o tempo da TV, garantindo que somente a corja de corruptos se mantenha no poder ou partidos conciliadores tenham bastante espaço para se coligar a vontade com todo o tipo de cretino como Rodrigo Maia, Temer ou com a elite usurpadora da FIESP.

Foto: Orlando Silva/Portal CTB




Tópicos relacionados

FIESP   /    Centrais Sindicais   /    Mundo Operário

Comentários

Comentar