Educação

UNIFICAÇÃO

Paralisação da Unesp Araraquara – Vitória dos estudantes!

Ontem, no dia 17, o campus da Unesp de Araraquara presidiu uma assembleia geral com aproximadamente 1.600 alunos credenciados, mais professores da rede e secundaristas no intuito de unificar as lutas do estado de São Paulo, e foi tirada, com uma votação majoritária, uma paralisação de dois dias com uma nova assembleia para o dia 19 com um indicativo de greve.

quarta-feira 18 de maio de 2016| Edição do dia

Hoje, na manhã do dia 18, se iniciou um trancaço para a efetivação da paralisação. Ela tem o intuito de politizar os estudantes durante esses dois dias dentro do campus, fazendo com que os espaços da universidade sejam ocupados com debates, cultura e manifestações dos próprios estudantes.

As pautas da mobilização são permanência estudantil – melhorias da moradia, restaurante universitário, efetivação das bolsas de permanência e das vagas nas creches para as trabalhadoras e estudantes mães – com a perspectiva de se unificar com as lutas que ocorrem em todo o país das ocupações estudantis das universidades e escolas.

O movimento busca também construir o CEEU – Conselho das Entidades Estudantis da Unesp – uma assembleia geral de todos os estudantes para organizar uma articulação estadual contra os cortes que vêm ocorrendo na educação como um todo, contra um plano de precarização e a privatização do ensino em todo país.




Tópicos relacionados

Greve das estaduais paulistas   /    Araraquara   /    Greve   /    Educação   /    Juventude

Comentários

Comentar