Política

ELEIÇÕES SÃO PAULO

Para se promover, Russomanno novamente ameaça e humilha uma trabalhadora

O candidato bolsonarista, Celso Russomano, volta a humilhar trabalhadores de caixa de supermercado ao exigir um “cupom fiscal” antes mesmo de terminar o procedimento e intimida a trabalhadora dizendo que ela pode ir presa.

segunda-feira 21 de setembro| Edição do dia

Não é a primeira vez que Russomano decide humilhar trabalhadores, como aconteceu em 2005 em sua matéria de “defesa do consumidor”, quando humilhou uma trabalhadora caixa do supermercado Dia, exigindo que ela cobrasse por um rolo de papel higiênico e uma caixa de fósforos, e que “faça as contas na maquininha”, porque a programação do caixa não permite que ela divida o valor por unidade.

Apesar do vídeo ser de 2005, essa prática de envergonhar os trabalhadores não é incomum nas reportagens de Russomano. Em um novo vídeo, já agora durante a pandemia, Russomano aparece novamente humilhando uma trabalhadora do caixa de um pequeno mercado na cidade de São Paulo:

Ver essa foto no Instagram

"Ainn esse vídeo é antigo!" E esse? #NaMinhaCidadeNão!

Uma publicação compartilhada por Todd Tomorrow (@toddsampa) em

Ao invés de explicar à trabalhadora a diferença entre “cupom fiscal” e “nota fiscal”, o jornalista opta por pressionar a trabalhadora a lhe entregar o cupom, enquanto ela ainda encerrava o procedimento. Nada contraditório com sua aproximação dos eleitores de Bolsonaro ao erguer como lema de sua campanha “Deus, pátria e família”.




Tópicos relacionados

Eleições 2020   /    Professores São Paulo   /    Russomanno   /    Política

Comentários

Comentar