Sociedade

EXÉRCITO

Para o golpista Temer, ameaça de general é “elogio à constituição”

O golpista Temer, em comemoração ao dia do exército brasileiro, declarou em vídeo que “mais uma vez” o general Villas Bôas fez uma “homenagem à constituição”. Há duas semanas, durante o julgamento do habeas corpus de Lula, o general havia insinuado uma possível intervenção do exército caso a negativa ao habeas corpus não fosse concedida.

quinta-feira 19 de abril| Edição do dia

O general Eduardo Villas Bôas, hoje cedo havia declarado que "não podemos ficar indiferentes aos mais de 60 mil homicídios por ano, à banalização da corrupção, à impunidade, e à insegurança ligada ao crescimento do crime organizado e à ideologização dos problemas nacionais". Segundo o general "são essas as reais ameaças à nossa democracia".

No dia 3 de abril o general havia publicado em seu twitter a seguinte declaração: “Asseguro à Nação que o Exército Brasileiro julga compartilhar o anseio de todos os cidadãos de bem de repúdio à impunidade e de respeito à Constituição, à paz social e à Democracia, bem como se mantém atento às suas missões institucionais.” Ao que foi seguido, pelo general Antonio Miotto, que afirmou: "Comandante! Estamos juntos na mesma trincheira! Pensamos da mesma forma! Brasil acima de tudo! Aço!"

Vale lembrar também que Villas Bôas declarou, a respeito da intervenção federal no Rio de Janeiro disse ser necessário dar aos militares a "garantia para agir sem o risco de surgir uma nova Comissão da Verdade". São essas declarações que o golpista Temer chama de “elogios à constituição”.

Desde que assumiu o governo, Temer mantém profundos laços com o exército, oferecendo cargos, ministérios até a intervenção federal no Rio que dá plenos poderes aos generais para aterrorizar a população do Rio de Janeiro. Agora em vídeo reafirma o poder e autoridade do exército diante das absurdas ameaças dos generais.

O golpismo e o exército andam de mãos dadas para atacar os direitos dos trabalhadores, a juventude e o povo pobre.




Tópicos relacionados

Villas Boas   /    Exército   /    Governo Temer   /    Sociedade   /    Política

Comentários

Comentar