Sociedade

PANELAÇOS

Panelaços ocorreram em repúdio ao reacionarismo de Bolsonaro e seus ministros na reunião

Panelaços ocorreram no país inteiro em repúdio a todo o reacionarismo mostrado no vídeo da reunião de Bolsonaro com seus ministros e os militares.

sábado 23 de maio| Edição do dia

Nesta sexta (22), o ministro do STF, Celso de Mello, liberou o polêmico vídeo da reunião ministerial que Bolsonaro teve com seus ministros antes da demissão do ex-ministro da Justiça Sérgio Moro e no qual ele apontou em seu depoimento que estaria presente evidências da interferência de Bolsonaro na PF. O vídeo divulgado trás declarações escandalosas e reacionárias de Bolsonaro, seus ministro e os militares.

Em repúdio as absurdas declarações, em todo país ocorreram panelaço está noite, mostrando a revolta e o ódio que as pessoas tem de Bolsonaro e seus ministros que seguem com seu negacionismo frente a crise sanitária.

Os atritos entre Militares e STF mais uma vez estão escalando de forma acelerada. O General Heleno chegou a fazer uma grave ameaça ao STF sobre o pedido de entrega de celular do Bolsonaro pouco antes da liberação do vídeo pelo Celso de Mello. O presidente também se pronunciou sobre o fato desafiando e retrucando Mello dizendo que não entregaria o celular.

Em meio a pandemia do coronavírus que matou no Brasil mais de 20 mil pessoas até hoje, a crise política se acirra nas disputas do regime que não coloca saída nenhuma para combater o vírus e impedir que milhares de trabalhadores sigam morrendo. A bandeira do Fora Bolsonaro, Mourão e os militares é fundamental para batalhar por uma política independente dos trabalhadores, que avance não só contra o governo Bolsonaro, mas contra todo esse regime pós-golpe, sem nenhuma confiança no STF, no Congresso e nos governadores.

Para ver na íntegra a reunião, veja nesse artigo: Leia a íntegra da reunião em que Bolsonaro, militares e ministros mostram todo seu reacionarismo




Tópicos relacionados

Governo Bolsonaro   /    STF   /    Sociedade

Comentários

Comentar