Sociedade

AUXÍLIO EMERGENCIAL

Pagamento da parcela reduzida do auxílio emergencial é liberado nesta quinta-feira

Caixa inicia hoje o pagamento da sexta parcela do auxílio emergencial, agora com o valor de R$ 300, aos beneficiários do Bolsa Família

quinta-feira 17 de setembro| Edição do dia

A partir de hoje (17), a Caixa Econômica Federal pagará a parcela reajustada do auxílio emergencial para beneficiários do programa Bolsa Família que tenham o NIS (Número de Identificação Social) final igual a 1. A liberação do pagamento será feita até o dia 30 de setembro para esses beneficiários que começarão a receber 300 reais, valor esse que foi reduzido pela metade em meio a crise econômica em curso, marcada pelo desemprego.

Pode interessar: Cresce a busca por emprego em plena pandemia enquanto Bolsonaro reduz o auxilio emergencial

Conforme a Caixa, junto a liberação do pagamento do auxílio, serão disponibilizadas também as opções de saque e transferência, concernentes ao primeiro ciclo de crédito, a cerca de 3,8 milhões de nascidos em dezembro.

Ainda sobre o pagamento do auxílio, pelo menos 17,2 milhões de brasileiros aprovados para o benefício não receberão todas as parcelas, pois na mesma medida provisória que determinava a extensão do do auxílio emergencial, Bolsonaro estabeleceu que os pagamentos sejam feitos no máximo até o dia 31 de Dezembro. Sendo assim, só receberão todas as parcelas previstas do auxílio (5 parcelas de 600 e 4 de 300) aqueles que receberam o primeiro depósito no mês de abril.

A redução do auxílio e a medida provisória que impede o recebimento de todas as parcelas para uma parcela da população, se dá combinada a medidas que resguardam bancos e empresários. Como a medida de março que disponibilizou cerca 1,2 trilhões para o bancos, ou mesmo pela lei de responsabilidade fiscal e o pagamento da dívida pública.

Pode interessar: Contra a Lei de Responsabilidade Fiscal, o Teto de Gastos e a ilegítima Dívida Pública!




Tópicos relacionados

Auxílio emergencial   /    Sociedade   /    Economia

Comentários

Comentar