Juventude

OCUPA TUDO

PUC-Rio ocupada pelos estudantes contra a PEC 55

quarta-feira 16 de novembro| Edição do dia

Os alunos da PUC-Rio se posicionaram hoje, quarta-feira (16), ao lado da classe trabalhadora, contra a PEC 55 e contra o DCE do PSDB golpista. Após 6 h de deliberação em Assembleia os alunos decidiram ocupar a Universidade.

A Assembleia ocorreu sem maiores problemas – os membros do DCE decidiram não reagir de forma violenta às falas dos alunos a favor da ocupação – aceitando, aparentemente, o debate público e democrático feito pelos alunos. A falsa demonstração de que o DCE aceitaria o debate, desde o início da Assembleia, veio à tona. Os membros do diretório central dos estudantes a todo momento reforçaram um discurso de que os alunos não poderiam organizar uma Assembleia se não fosse por meio do DCE e que a Ocupação não é um direito legítimo. Não podia se esperar menos de uma gestão composta pela juventude do PSDB que apoiou o golpe institucional e que sempre se posicionou historicamente contra a classe trabalhadora. O direito de Assembleia é legítimo, atentar contra essa forma de manifestação é uma maneira de silenciar e se posicionar contra a luta política de alunos e coletivos. É também se opor a luta do coletivo de mulheres, do coletivo de jovens bolsistas periféricos, do coletivo de homens e mulheres negras, do coletivo LGBT, entre outros alunos que atuam de forma independente.

A oposição feita pelo DCE do PSDB à luta da classe trabalhadora não se esgota apenas nessa discussão. Os membros dessa gestão, desde a última plenária ocorrida na quarta feira (9), se posicionaram a favor da PEC 55 que tem a intenção fixar o limite de gastos a nível federal (em 20 anos) dos poderes Legislativo, Judiciário e Executivo, incluindo o Tribunal de Contas da União, Ministério Público da União e Defensoria Pública da União. O que na prática significa congelar os investimentos na área da Saúde e Educação precarizando ainda mais o serviço público, bem como a vida da classe trabalhadora, a mais atingida por esse projeto de emenda constitucional. Mais uma vez o DCE do PSDB se colocou ao lado dos interesses de uma classe política golpista e da burguesia rentista, únicos beneficiários desse projeto. Nesse sentido, o diretório central dos estudantes é um entusiasta desse projeto neoliberal e contrareformista que tem a intenção de precarizar a vida do trabalhador, enriquecer a burguesia rentista e fomentar ainda mais o processo de acumulação de capital.

Hoje é um dia histórico na luta dos estudantes da PUC-Rio, pois estes se posicioram contra esse projeto político e contra o DCE do PSDB, se alinhando a luta nacional pela Educação. Os alunos da PUC-Rio continuam em luta e ocupam a Universidade.




Tópicos relacionados

PEC 241/55   /    #OCUPATUDO   /    Rio de Janeiro   /    Juventude

Comentários

Comentar