×

Violência policial | PM executa morador de ocupação do MTST e prende 4 arbitrariamente

Na noite dessa terça-feira, 15, a Polícia Militar e a Tropa de Choque executaram Will Goiana da Silva, morador da Ocupação Valcide Teles, com vinte tiros, do Movimento de Trabalhadores e Trabalhadoras Sem Teto (MTST), no bairro Santa Maria em Aracaju

quarta-feira 16 de março | Edição do dia

Will Goiana da Silva, morador de uma ocupação do MTST, foi executado pela PM ontem, 15. Foram disparados mais de 20 tiros e há moradores feridos. Will estava na festa de aniversário de sua mãe. Ele deixa duas filhas.

Segundo o movimento, a PM invadiu as casas das famílias já disparando. Houve tortura, agressão, ameaças e assédio; 4 moradores foram presos de forma absolutamente arbitrária, sem mandato ou justificativa plausível. Além disso, outros três moradores seguem desaparecidos.

Essa é a mais uma ação brutal da polícia racista, cães de guarda do Estado para proteger a propriedade privada e os interesses dos capitalistas, enquanto assassinam e violentam famílias pobres e trabalhadoras que lutam por moradia. O Estado também é responsável na criminalização dos movimentos sociais e pela perpetuação dessa violência sistemática, com o reacionarismo racista de Bolsonaro e Mourão dando carta branca para essas ações e a justiça encobrindo os assassinos, como faz com o caso Marielle. Exigimos justiça! Basta de morrer pelas balas da polícia!




Comentários

Deixar Comentário


Destacados del día

Últimas noticias