PM BOLSONARISTA

PM espanca militantes do PT em Salvador

A Polícia Militar de Salvador reprimiu militantes do PT que estavam no Rio Vermelho protestando contra a vitória eleitoral de Jair Bolsonaro (PSL).

domingo 28 de outubro| Edição do dia

A estudante da UFBA, Janaína Barata, 24 anos, foi hospitalizada após as agressões. Segundo relatos de testemunhas, a violência pró-bolsonarista da polícia ocorreu após uma discussão entre ela e sua irmã com apoiadores de Bolsonaro na região do Rio Vermelho.

“Quando vi, Janaína estava discutindo com a polícia. Peguei ela, puxando pra ela parar de discutir. Aí agrediram ela com um cassetete”, contou a irmã de Janaína ao jornal local Correio 24h.

Além disso, a PM seguiu a repressão aos presentes com uso de spray de pimenta. Os amigos de Janaína a levaram à Igreja Sant’Ana do Rio Vermelho, onde esperam a chegada de socorro.

É a segunda demonstração do reacionarismo da polícia, exaltada com a vitória do ultradireitista Jair Bolsonaro, mostra a sua face mais repressiva e violenta, inspirada no autoritarismo do novo presidente para “acabar com os vermelhos do país”.

Em São Paulo, uma manifestação contra Bolsonaro foi reprimida como parte da comemoração da PM do estado, dando uma amostra do papel que cumprirá em seu governo perante seus opositores.

Ela foi levada ao Hospital Geral do Estado (HGE), onde passou por um exame de raio-x para verificar a gravidade do trauma na face. A jovem não chegou a perder a consciência e não corre risco.

Repudiamos essa absurda repressão contra as militantes e manifestação de SP, que protestam em oposição ao militar reacionário que foi eleito, que representa a continuidade violenta do governo de Temer e dos ataques patronais.

É hora de nos organizarmos, criando nossos comitês de base em cada local de trabalho, de estudo, para podermos lutar contra os ataques e a repressão. Não nos calaremos.




Tópicos relacionados

Comitês contra Bolsonaro   /    Salvador (BA)   /    PM   /    Bolsonaro   /    PT   /    Violência Policial

Comentários

Comentar