Educação

LUTA SECUNDARISTAS

PM de Alckmin desocupa escola tomada por alunos em Sorocaba/SP

terça-feira 11 de outubro| Edição do dia

A Polícia Militar retirou na manhã desta terça-feira, 11, os 50 alunos que ocupavam, desde quinta-feira passada, 6, a Escola Estadual Professora Ossis Salvestrini Mendes, em Sorocaba, no interior de São Paulo. A ação, em conjunto com a Polícia Civil, cumpriu mandado judicial de reintegração de posse, segundo nota divulgada pela PM.

Os secundaristas protestavam contra a medida provisória do governo do presidente Michel Temer de reforma do ensino médio. A PM confirmou também a ocupação da Escola Estadual Professor Hélio Del Cistia, no bairro São Guilherme, na madrugada desta terça-feira. Ainda segundo a polícia, os estudantes decidiram pela manhã, por conta própria, desocupar o prédio.

Ironicamente no mesmo dia Wilson Levy, assessor do secretário da Educação José Renato Nalini, e coordenador do projeto Gestão Democrática, disse que a expectativa da secretaria é evitar novas ocupações usando o diálogo. Levy afirmou que serão marcados debates nas 91 diretorias de ensino do Estado e um encontro estadual.

Enquanto Alckmin diz que quer dialogar com os estudantes para dar um ar de "democrático" para conseguir apoio da opinião pública, o mesmo envia a polícia para bater nos alunos quando reprime as ocupações no estado de São Paulo, onde os estudantes resistem bravamente contra o sucateamento da educação pública.




Tópicos relacionados

Secundaristas   /    Ocupação Escola   /    Educação   /    São Paulo (capital)   /    Juventude

Comentários

Comentar