Política

REFORMA POLÍTICA

PCdoB votou a favor da clausula de barreira que censura esquerda e trabalhadores

Junto aos partidos dos empresários e à direita PCdoB votou sim a clausula de barreira que tem como objetivo censurar a esquerda e os trabalhadores.

terça-feira 5 de setembro| Edição do dia

Flávio Dino, governador do Maranhão que tem como vice um tucano, fazendo campanha junto de Aécio em 2014

Foto: Igo Estrela

A líder do PCdoB na Câmara, Alicia Portugal tomou a palavra no debate sobre a reforma política para anunciar que seu partido acompanharia o acordo firmado entre os partidos e votaria a favor da antidemocrática clausula de barreira que visa cercear que a esquerda e os trabalhadores possam se expressar no parlamento.

Pela clausula votada o partido que não alcançar 1,5% dos votos no território nacional, com ao menos 1% em nove estados, será excluído da participação na TV, garantindo de antemão uma desigualdade para facilitar que sejam só empresários ou amigos da elite e dos empresários, conciliadores como o PCdoB e PT, que se coligam com PSDB, Sarney, Renan, fecham acordos com Maia possam participar.

Pode te interessar: Rodrigo Maia, destruidor da CLT, tem assento de honra em congresso do PCdoB

Essa escandalosa posição foi acompanhada de um protesto contra a emenda do PP para aumentar a clausula de barreira para 2,5% e outras críticas.

Veja a intervenção da deputada defendendo a clausula de barreira:




Tópicos relacionados

Reforma Política   /    Política

Comentários

Comentar