Juventude

Paraíba

PB: Contra o aumento das passagens em Santa Rita

quinta-feira 1º de fevereiro| Edição do dia

No último 28 de janeiro do corrente ano, a população paraibana acorda com mais uma notícia de aumento nas tarifas das linhas de transporte coletivo intermunicipal. Um reajuste de 7,5% concedido pelo Conselho Executivo do Departamento de Estradas de Rodagem da Paraíba (DERPB), aumento superior até mesmo à inflação do período que foi de 2,93%.

Na cidade de Santa Rita, localizada na região metropolitana do Estado, a passagem passou de R$ 3,50 para R$ 3,75. Ou seja, 0.25 centavos há mais no orçamento da classe trabalhadora. Além disso, o transporte do município é realizado por uma única empresa de propriedade da família Marinho desde a década de 1970, que com apoio da Prefeitura da cidade, vem abusando da necessidade da população de se locomover, para lucrarem intensivamente a cada reajuste.

O descaso ainda se estende a transportes superlotados, sucateados e de extrema insegurança, principalmente para as mulheres, vitimas de assédios diários nos transportes coletivos. Os últimos exemplos trágicos que envolvem a antiga empresa Santa Rita, que a partir de 2014 mudou seu nome para SIM – Sistema Integrado Metropolitano, ocorreram entre os anos de 2013 e 2016.

Em 2013, após apresentar problemas mecânicos, o ônibus que saiu de Santa Rita com destino ao Distrito Industrial – João Pessoa, capotou deixando 04 pessoas mortas e 40 feridos, inclusive uma mulher grávida. O segundo exemplo ocorrido no ano de 2016, que também foi resultado de falhas mecânicas, causou a colisão de um ônibus no bairro de Várzea Nova com o trem, deixando três mortos e 30 feridos. Ressalta-se que nenhuma família das vitimas envolvidas receberam algum tipo de auxilio.

Diante de tais crimes, é evidente que o mais novo reajuste de 0.25 centavos, não beneficiará em nada a população trabalhadora e estudantil, que cotidianamente sofre com as máquinas sucateadas.

Precisamos da união coletiva para responder a tais abusos com muita luta, pois nossa vitória estará em nossas amplas mobilizações pela revogação da tarifa e melhores condições de transporte como um todo. Assim, gostaríamos de estender o convite do Movimento Luto por Santa Rita, para uma reunião de organização contra o aumento das passagens, no próximo sábado (03/02), às 15:00 horas, na Associação Universitária de Santa Rita (AUS).

Avante contra os desmandos da DER-PB, na pessoa do presidente do Conselho Executivo Carlos Pereira de Carvalho e Silva, empresa de transportes SIM, e omissão da Prefeitura Municipal de Santa Rita.

“Transporte público é um direito”




Tópicos relacionados

#contraoaumento   /    Aumento da Passagem   /    Juventude

Comentários

Comentar