Sociedade

Outdoors pró-Trump são instalados em cidade mineira

Os dois outdoors estão na cidade Governador Valadares, em Minas Gerais

terça-feira 20 de outubro| Edição do dia

Foto: Divulgação/Twitter

Os outdoors que demonstram apoio ao presidente Donald Trump, com frases "Trump-Pence (sobrenome do vice, Mike Pence) e Make America Great Again (tornar a América grande outra vez), além do dizer, em inglês e em português, “por Deus, pela família, pela vida, por Israel, pelo Brasil” , foi paga por Edson Delana, de 56 anos, ex-morador da cidade e hoje é comerciante no condado de Broward, na Flórida.

Delana que se declara de direita e a favor de Bolsonaro, afirmou que a cidade de Governador Valadares é beneficiada pelos EUA e que acredita que o republicano Donald Trump, se reeleito, estabelecerá uma política migratória favorável aos estrangeiros.

Entretanto, os painéis de publicidades geraram opiniões contrarias por moradores da cidade que é conhecida pelo grande contingente de imigrantes que tentam a vida nos EUA. Segundo estimativas, cerca de 20 mil valadarenses estariam morando nos EUA. A maior parte dos imigrantes que saem da cidade rumo aos EUA para tentar uma vida melhor entram no país de forma ilegal, pela fronteira com o México, quem é pego acaba mandado de volta para o Brasil.

No final do ano passado, houve um aumento da frequência de deportações nos voos com brasileiros deportados que chegam dos EUA a cada 20 dias no Aeroporto Internacional de Confins, em Belo Horizonte. Antes do retorno, no entanto, eles ficaram em centros de detenção ao longo da fronteira com o México, em Estados como Texas e Arizona, depois de serem capturados.

Só em 2019 o governo Trump prendeu quase 1 milhão de imigrantes, além de chocar o mundo com a separação de famílias nos centros de detenção, com crianças sendo enjauladas e casos de esterilizações forçadas em mulheres imigrantes.

Trump que se declara abertamente contra os imigrantes com ataques xenofóbicos desde que foi eleito, quando prometeu construir um muro na divisa com o México, vem tendo uma política cada vez mais xenofobia em relação aos imigrantes desde o começo do seu mandato. Com os impactos da pandemia e as eleições de novembro, Trump tenta mobilizar sua base reacionária com o aumento das sua política protecionista e seus discursos demagógicos.

Com informações da Agência Estado

Veja também: O voto em Biden e o naufrágio do anti-imperialismo




Tópicos relacionados

Governo Bolsonaro   /    Donald Trump   /    Imigração   /    Sociedade

Comentários

Comentar