Internacional

IMIGRANTES

Os Estados Unidos querem autorizar a prisão por tempo indeterminado de crianças sem documentos

Trump eliminará as cláusulas legais que existem desde 1997 para reter as famílias imigrantes por mais tempo, essas cláusulas limitavam quanto tempo os imigrantes ficavam sob custódia do governo.

sexta-feira 23 de agosto| Edição do dia

Trata-se do Acordo Flores, que desde 1997 limita o tempo que crianças imigrantes e seus pais podem ficar retidos pelas autoridades da Patrulha Fronteiriça, o ICE e similares.

Segundo esse acordo, as crianças não podem ficar retidos por mais de 20 dias e garantia moradia, cuidados médicos, educação, nutrição e higiene.

Como parte de medidas de "corte", Trump pretende eliminar esse acordo e passar a reter as crianças sem documentos por mais tempo, separá-los de suas famílias. Tais medidas tem sido cobertas pela imprensa norte-americana em reiteradas ocasiões e geraram protestos contra os campos de concentração do governo dos EUA.

Mas como temos demonstrado no esquerda diário, tanto os democratas como os republicanos são responsáveis pela perseguição aos imigrantes, que fogem da barbária e da miséria em seus países e que também é patrocinada pelo governo norte americano.

As políticas xenófobas que ambos os partidos impulsionam, demonstram que estão à serviço dos interesses imperialistas, por mais que os políticos de ambos os partidos tenham um discurso disfarçado de humanista e progressista.

Os aliados dos imigrantes são os tranalhadores dos EUA, que demonstram solidariedade e são contrários às políticas racistas e xenófobas de seu governo, como os trabalhadores da Wayfair e do Google.

Que a classe trabalhadora e os setores populares exijam um basta à criminalização aos imigrantes!
Nenhum ser humano é ilegal!
Abaixo o muro de Trump e entrada livre aos imigrantes!




Tópicos relacionados

Imigrantes   /    Donald Trump   /    Internacional

Comentários

Comentar