INTERNACIONAL

Organizações, grupos e ativistas independentes de La Paz e El Alto juntam-se às mobilizações contra o golpe

Nesta quarta-feira, 20 de novembro, organizações independentes, grupos e ativistas de El Alto e La Paz se juntam à mobilização contra o golpe. A convocatória é marchar com o povo alteño e as comunidades camponesas das 20 províncias. A concentração será às 8h30 no Multifuncional de la Ceja de El Alto, e irá para o centro de La Paz.

terça-feira 19 de novembro de 2019| Edição do dia

Nesta quarta-feira, 20 de novembro, organizações independentes, grupos e ativistas da cidade de La Paz e El Alto se juntam à mobilização contra o golpe. Nas salas de aula da faculdade de ciências sociais da UMSA, foi realizada a reunião com mais de 50 pessoas, convocadas para constituir o comitê impulsor da coordenação contra o golpe e o avanço da repressão que viola os direitos humanos básicos, como pode ser visto nos 23 mortos e centenas de feridos e detidos.

Esta comissão impulsionadora, como parte de suas primeiras atividades, convocou uma marcha junto à população alteña e as comunidades camponesas das 20 províncias, desde o Multifuncional de la Ceja de El Alto até o centro de La Paz. A concentração ocorrerá às 8h30 da manhã e será convocada com base nos seguintes pontos de acordo:

1.Abaixo o golpe de Estado
2.Abaixo Yanine Añez
3.Abaixo Chapetón
4.Pela desmilitarização de todo o território nacional. Revogação do D.S. 4078
5.Liberdade de detidos
6.Cadeia aos responsáveis pelos 23 assassinatos
7.Recuperação da Agenda de Outubro
8.As mortes não se negociam

Comitê impulsionador da coordenação contra o golpe




Tópicos relacionados

Golpe de Estado Bolívia   /    Bolívia

Comentários

Comentar