Política

1917

Operários Russos desenterram cápsula do tempo com mensagem leninista

Nesta segunda-feira (14/08), meios de comunicação russos anunciaram a abertura de uma cápsula do tempo com mensagem leninista escrita pelos operários daquela fábrica há 50 anos atrás.

terça-feira 15 de agosto| Edição do dia

Com o intuito de avançar para o socialismo, operários russos no ano de 1967, 50° aniversário da grande Revolução Russa, enterraram escritos em uma cápsula do tempo a ser aberta 50 anos depois. Os escritos contidos na cápsula, desenterrados neste ano por operários da fábrica de cimento Kamensk, traziam uma mensagem aos operários do futuro para que levassem consigo o legado leninista, reivindicando a gloriosa revolução dos trabalhadores de 1917, ao mesmo tempo jogando para os trabalhadores do futuro a necessidade de se avançar na transição socialista, compartilhandocom as gerações maiores e não perdessem nunca a fé no “luminoso futuro comunista dos povos do nosso planeta”.

Para seguir a tradição, os operários da fábrica que desenterraram a mensagem, deixaram para a geração que os seguirá, uma nova mensagem, a ser aberta daqui 25 anos, em 2042.

A cem anos da Revolução Russa, a mensagem deixada pelos operários russos em 1967, é mais atual do que nunca e traz consigo os desafios a serem enfrentados pela nossa geração de trabalhadores, que se apoiando e tomando para si todo o legado de Lenin e dos bolcheviques, vai tomar o céu de assalto, como fizeram os revolucionários de 17, e pôr fim de uma vez por todas a esse sistema capitalista de miséria e exploração. Inspiradora a gana e fé dos autores da mensagem, que assim como os revolucionários de hoje, mantinham firme sua convicção no futuro comunista da humanidade.




Tópicos relacionados

comunismo   /    Vladmir Lênin   /    Rússia   /    Leninismo   /    Política

Comentários

Comentar