Política

ZELOTES

Operação Zelotes investiga manipulação no CARF

Na quinta-feira (1), mais uma fase da Operação Zelotes foi deflagrada pela Polícia Federal, investigando um esquema de manipulação do trâmite de processos e no resultado de julgamentos no Conselho Administrativo de Recursos Fiscais – CARF.

quinta-feira 1º de dezembro| Edição do dia

De acordo com investigações, o Estado descobriu processos tributários relacionados ao BankBoston. Processos no valor de cerca de R$ 200 milhões que tramitaram no conselho são alvo dos investigadores. De acordo com a PF, cem policiais federais estão cumprindo 34 mandados judiciais, sendo 21 mandados de busca e apreensão e 13 de condução coercitiva nos estados de São Paulo, Rio de Janeiro e Pernambuco.

O inquérito específico para investigar o caso do BankBoston dentro da Operação apura possível pagamento de uma “taxa de sucesso” de 5% a 10% do valor do processo em trâmite no CARF. Há a possibilidade de um conchavo entre um conselheiro do CARF e o banco. A organização envolvia escritórios de advocacia e empresas de consultoria. Estes firmavam contratos fraudulentos com as empresas para esquentar o dinheiro utilizado para pagamento de vantagem indevida servidores do conselho.

Mais uma vez podemos observar como banqueiros e empresários agem para enriquecer. Através de acordos corruptos, jogatinas, esquemas desonestos e ilegítimos, acumulam capital a todo custo. Com esquemas envolvendo o governo, o dinheiro que deveria pertencer ao povo vai para o bolso dos burgueses. O governo tem de parar de governar para os empresários e os banqueiros, e passar a governar para as pessoas. Numa crise profunda vivida pelo nosso país, eles continuam a lucrar bilhões. E ainda assim, sonegam impostos e, quando pegos, corrompem funcionários e instituições para se safarem das multas.

Toda essa corrupção não é fruto de um caso isolado, e sim devido a um sistema que prioriza o dinheiro. No entanto, não é através da PF que o problema vai resolver, mas sim de uma mobilização independente dos trabalhadores que façam os banqueiros pagarem pela crise. O futuro do país está sempre na mão do povo, e estes devem fazer com que os culpados pela crise paguem por ela.




Tópicos relacionados

Política

Comentários

Comentar