Política

LAVA JATO

Operação Anteros é aberta contra governador do RN, Robinson Faria

terça-feira 15 de agosto| Edição do dia

A Polícia Federal deflagrou na manhã desta terça-feira, 15, a Operação Anteros para apurar crimes de organização criminosa e obstrução da justiça pelo chefe do poder executivo no Estado do Rio Grande do Norte. O atual governador do Estado é Robinson Faria (PSD).

O ministro Raul Araújo Filho, da Corte Especial do STJ, determinou que fosse iniciada investigação preliminar para apurar os crimes de organização criminosa e obstrução da Justiça que estariam sendo praticados pelo governador com ajuda de servidores estaduais.

As manobras ilegais teriam por objetivo encobrir que fossem investigados atos do executivo estadual relativos ao desvio de recursos públicos por meio da inclusão de funcionários fantasmas, na folha de pagamento da Assembleia Legislativa do Estado desde 2006 até os dias atuais.

Em junho, a Operação Manus resultou na prisão de Henrique Eduardo Alves, do PMDB potiguar, num desdobramento da Lava Jato que apurava atos de corrupção e lavagem de dinheiro envolvendo a construção da Arena das Dunas, em Natal, um dos estádios oficiais da Copa do Mundo de 2014. O Ministério Público identificou sobrepreço de R$ 77 milhões na construção da Arena.

Na disputa entre o judiciário privilegiado e os oligarcas do Rio Grande do Norte (Alves e Faria), as verdadeiras quadrilhas coronelistas seguem governando o estado. O Rio Grande do Norte é um dos estados com maior taxa de desemprego no Nordeste, golpeados pelos ajustes e reformas neoliberais do governo Temer, que afundou a economia regional.




Tópicos relacionados

Nordeste   /    Política

Comentários

Comentar