Educação

Oficina de cartazes impulsionada pela chapa Marielle, Presente! Discute o movimento #elenão

Na quinta (27) os estudantes da FAPSS-SCS, integrantes da chapa que concorre à gestão do Centro Acadêmico de Serviço Social realizaram uma oficina de cartazes como forma de debater e se preparar junto aos demais estudante da universidade para o ato Mulheres contra Bolsonaro que ocorrerá dia 29.

sábado 29 de setembro| Edição do dia

Diante da conjuntura eleitoral que coloca a extrema direita na figura de Bolsonaro com grandes possibilidades de subir ao poder e um movimento de mulheres que se mobiliza através da #elenao é preciso discutir os acenos do PT ao mercado estrangeiro e suas propostas de acordos e conciliações com os golpistas. Vemos a luta das mulheres virando palanque para muitos candidatos que se unem para dizer Bolsonaro não, mas para eles trabalhadores também não. Com planos de mais ataques aos trabalhadores em prol ds lucros capitalistas.

Os estudantes da FAPSS que com a chapa Marielle, Presente! colocaram essa discussão para os estudantes que participaram da oficina para juntos construir um bloco no ato do dia 29 que não compactue com a manobra eleitoreira e que diga: Contra Bolsonaro, por uma saída anticapitalista independente do PT e sua conciliação com golpistas e patroes. A extrema direita, representada por Bolsonaro, segue destilando seu ódio contra os trabalhadores, as mulheres, os negros e os LGBTs, mas a maioria dos estudantes de Serviço Social da FAPSS compreendem a tarefa que se impõe: ser linha de frente em um processo complexo de identificação das forças envolvidas, para ajudar os estudantes e os trabalhadores à não se afogarem em um mar de ilusões com conciliações entre golpistas.

Convidamos todas e todos para construir junto com o bloco do Pão e Rosas no ato das “Mulheres contra Bolsonaro” uma força que mostre a potencialidade que as mulheres tem junto a juventude e os trabalhadores, contra a extrema direita, o golpismo e quem se alie a eles.




Tópicos relacionados

Mulheres Contra Bolsonaro   /    Bolsonaro   /    Educação   /    ABC paulista

Comentários

Comentar