Política

PROPINA -

Obra na mansão da filha de Temer foi custeada por propina da JBS e intermediada pelo Coronel Lima

segunda-feira 7 de maio| Edição do dia

Delatores da JBS disseram ter entregado 1 milhão de reais em propina ao Coronel João Baptista Lima, amigo de Michel Temer.

Lima teria recebido o dinheiro em nome de Temer. Maristela Temer, filha do presidente fez uma reforma "modesta" segundo Temer, em sua mansão em bairro nobre de São Paulo. Em entrevista ao SBT Temer admitiu que a mulher de Lima teria custeado parte da obra. Está cada vez mais difícil para Temer se explicar, na mesma entrevista Temer cogita não concorrer as eleições e ensaiou apoio a Geraldo Alckmin (PSDB). Citou também, Henrique Meirelles (PMDB), Flávio Rocha (PRB), Afif Domingos (PSD) e Paulo Rabello de Castro (PSC) como possíveis seguidores do seu legado de ataques e reformas.

Ao mesmo tempo que a filha de Temer, Maristela, realiza pomposa reforma em sua nada modesta casa, sob suspeita de usar dinheiro de propina repassado pela esposa do Coronel Lima, bombeiros ainda procuram cadáveres no prédio que desabou em São Paulo ocupado por pessoas que não tinham onde morar.

Confiando que o judiciário está do seu lado, como vem se comportando, Temer alegou que a reforma da casa da filha foi realizada sem irregularidade alguma. Desviou o assunto dizendo que acha lamentável estar falando do caso quando poderia estar falando do Brasil.




Tópicos relacionados

Fora Temer   /    Governo Temer   /    Michel Temer   /    Política

Comentários

Comentar