DONALD TRUMP / BOMBARDEIO CONTRA A SÍRIA /

O recente bombardeio de D. Trump contra a Síria: seu significado

Que reflexões podem ser feitas em torno do bombardeio da Síria pelo imperialismo?

Gilson Dantas

Brasília

terça-feira 8 de maio| Edição do dia

Na breve intervenção reproduzida no áudio abaixo, o objetivo foi o de avaliar o bombardeio do território sírio por forças dos Estados Unidos-França-Inglaterra, sob liderança de D. Trump mês passado; assim também como discutir o propósito desse ataque, sua natureza, também a reação da Rússia. Uma intervenção que ocorre nos marcos das contradições de uma guerra que já dura sete anos, com meio milhão de vítimas a essa altura, e mais de 10 milhões de refugiados.
[Não deixe de ler uma análise mais de fundo sobre esse processo na Síria aqui].

O áudio a seguir, com um total de 24 minutos, toma, inicialmente elementos do que é a Síria, o que este país representa naquela região para, em seguida, discorrer sobre as contradições do bombardeio imperialista naquele ponto do planeta.

A intervenção abaixo foi realizada no dia 26 de abril passado, na UnB, no projeto Loccus Convida, vinculado ao departamento do Serviço Social.

Importante, para a esquerda revolucionária, e nos marcos do repudio à intervenção militar dos Estados Unidos e seus aliados de ocasião [também da invasão turca ao norte, para esmagar os curdos], também nos marcos de uma guerra civil reacionária, a defesa do direito à autodeterminação dos palestinos, dos curdos e de que o povo sírio seja o único protagonista para varrer com a tirania Assad, sem qualquer ingerência do imperialismo e seus aliados.

Esses e outros elementos, você pode conferir no áudio abaixo:

— 




Tópicos relacionados

Guerra na Síria   /    Donald Trump   /    Síria   /    Rússia   /    Estados Unidos

Comentários

Comentar