Sociedade

FEBRE AMARELA

O lucro não vale mais que nossas vidas: dona de clínica no RS aplica falsas vacinas

sexta-feira 16 de fevereiro| Edição do dia

A medicina no capitalismo é uma falácia. Mutila, entorpece e não cura, e isso porque o lucro está acima das vidas. A proprietária de uma clínica particular foi presa preventivamente por aplicar vacinas falsas até em bebês. As seringas não continham nada dentro, segundo relatos ela só picava as crianças. Vendia também vacinas contra a febre amarela e meningite sem nem mesmo ter no estoque. E o que é mais grave, reutilizava seringas.

No estabelecimento, em Novo Hamburgo, região metropolitana de Porto Alegre, foram encontrados vários frascos vencidos e em condições irregulares. A proprietária que é farmacêutica de formação, expressa o caráter da burguesia que pouco se importa com a vida das pessoas colocando o lucro acima de tudo. Somente uma organização dos trabalhadores pode empreender uma revolução capaz de derrubar esse sistema assassino de dominação de uma classe sobre a outra.




Tópicos relacionados

febre amarela   /    Sociedade   /    Saúde

Comentários

Comentar