Mundo Operário

Transporte

O jogo começou e a gente preso aqui no ponto de ônibus

Para milhares de trabalhadores do industrial Alphaville o jogo começou nos pontos de ônibus e no trânsito da região.

quarta-feira 27 de junho| Edição do dia

Grande parte das fábricas, logísticas, shoppings e comércios da região liberaram seus funcionários mais cedo hoje para que pudessem assistir o jogo do Brasil, entretanto a estrutura de transporte nada pensada para o acesso dos trabalhadores fez com que a milhares ficassem presos nos pontos de ônibus e no trânsito quilométrico nos acessos às cidades dormitório da região, como Carapicuíba, Osasco e Itapevi.

O Industrial Alphaville comporta uma grande concentração de fábricas de diversos ramos produtivos, como gráficas e metálurgicas, além de grandes centros logísticos e uma série de estabelecimentos comerciais que concentram milhares de trabalhadores. Mas a região é pensada para favorecimento do acesso dos moradores dos grandes e luxuosos condomínios da região, portanto a quantidade de linhas de ônibus e os acessos às cidades onde realmente vivem os trabalhadores que geram a riqueza dessa região estão absurdamente distantes de atender as necessidades dos trabalhadores.




Tópicos relacionados

Precarização do Transporte Público   /    Carapicuíba    /    Barueri   /    Osasco   /    Transporte   /    Mundo Operário

Comentários

Comentar