Sociedade

SAÚDE EM CAMPINAS

O drama da saúde em Campinas

A saúde é a área que mais recebe reclamações na cidade e não é à toa. Mais de 100 mil pessoas são atendidas por mês no SUS e nos últimos meses a demanda aumentou em 26%.

Danilo Magrão

Professor de sociologia da rede pública

sexta-feira 26 de agosto| Edição do dia

Nos hospitais da cidade os relatos de demora no atendimento são constantes. No Hospital Ouro Verde as filas chegam a 10 horas. Nos postos de saúde as consultas são marcadas pra três meses depois.

A falta de medicamentos também é constante, neste mês dos 314 medicamentos que fazem parte da lista que cobre os postos da cidade, 16 ficaram em falta no estoque causando problemas graves para pessoas que dependem dos remédios.

São dois Hospitais Municipais na cidade, mais sessenta e três postos de saúde e quatro Pronto Atendimentos, com estrutura precária e baixo investimento são completamente insuficientes para o atendimento de qualidade a população.

Enquanto a saúde pública segue sendo sucateada pelos governos, os homens de negócio fazem suas fortunas com serviços médicos privados. Os trabalhadores que sustentam os serviços públicos merecem ter atendimento de qualidade e gratuito, por isso defendemos que todo o Sistema Público de Saúde seja controlado pelos trabalhadores e usuários, pra ter a qualidade que merece e precisa contra os que negociam com nossas vidas.




Tópicos relacionados

Sociedade   /    Saúde

Comentários

Comentar