Sociedade

ELEIÇÕES 2018

O deputado mais votado no PR, Sargento Fahur destila ódio e barbaridades em seu Twitter

Sargento da reserva da Policia Militar no Paraná e apoiador de Bolsonaro, Gilson Cardoso Fahur (PSD), foi o deputado federal mais votado no estado. O deputado federal não cansa de destilar seu ódio, preconceito e racismo nas redes sociais. veja aqui 10 de seus tweets mais bárbaros.

Jenifer Tristan

ABC Paulista

segunda-feira 8 de outubro| Edição do dia

Gilson Cardoso Fahur (PSD), tem 54 anos, Sargento da reserva da Policia Militar no Paraná, foi o deputado federal mais votado no estado com cerca de 315 mil votos validos. O deputado federal não cansa de destilar seu ódio, preconceito e racismo nas redes sociais.

Só no facebook o troglodita tem mais de 3,3 milhões de seguidores e no twitter onde iremos pegar algumas de suas atrozes publicações, ainda conta com uma conta no Instagram e Youtube, como se não bastasse uma rede social para defender suas posições retrogradas e conservadoras ele utiliza todas.

O mais violento de todos Fahur tem muitas declarações contra a criminalidade, posta vídeo e frases incitando o ódio e violência a supostos suspeitos. Mas a verdade é que o racismo impera, pois nenhum candidatura e Fahur muito menos quer de fato combater o crime, pois ninguém fala do crime organizado, das grandes facções que na verdade atuam em comum acordo com o estado.

Esse ódio é contra a classe trabalhadora e o povo negro, nas entrevistas concedidas Fahur fez declarações absurdas sobre a atuação da policia contra os supostos "bandidos": “gostaria de cortar umas cabeças de vagabundos”, “quero pegar essa raça e exterminar”, “não tem esse negócio de tiro na mão ou na perna, tem que acertar no peito ou na cabeça” e “já matei em legítima defesa uns doze vagabundos” ou seja alguém que combate a violência, com mais morte e mais violência, não pode zelar pelo povo.

O sargento é contra a Legalização das drogas, mas não cita uma linha sobre os empresários e políticos que trazem as drogas para o Brasil, pois bem sabemos que elas não brotam nas favelas e que é necessário investimento, manobras e acordos para que a droga entre no país. O filho do Aécio mesmo ele nunca quis "exterminar" ou "arrancar a cabeça" o problema é a guerra aos pobres disfarçada de guerra as drogas.

É a favor da legalização das armas, mais uma medida anti operária, pois a classe trabalhadora não vai poder comprar nem a arma e muito menos o direito ao porte, pois as armas custam, ou seja, só quem tem dinheiro vai poder comprar.

Fahur também defende a pena de morte, todas essas são medidas que não buscam acabar com a violência, com a corrupção e menos ainda construir um estado ou país, mais justo e igualitário. A justiça brasileira é falha, são mais de 30% de presos sem julgamento, os presídios são grandes armazéns de negros, a herança da escravidão segue forte na politica do país, o racismo institucional acontece por trás de cada uma dessas medidas que buscam sempre beneficiar a burguesia e a classe dominante.

Fahur, pretende ser o novo Fuher do Sec XXI, junto ao seu amigo Bolsonaro, querem voltar a escravidão amarrar bolas de ferros nos pés e explorar ainda mais, como se não bastasse o Sargento declara nas redes:

1 – Quando bandido reage
" Quando eu recebo a notícia que o bandido reagiu e foi mandado para o inferno."
22:49 - 28 de set de 2018

2 – “Cacete no lombo”
"Chega de passar a mão na cabeça de bandido. Temos dar valor em pessoas de bem. Pra bandido cacete no lombo e bala no rabo."
09:19 - 12 de jul de 2018

3 – “Bandido bom é bandido morto”
"Bandido bom é bandido morto. Não gostou? Paciência, porque eu penso assim, até porque já conheci a maldade de alguns seres humanos, que de humanos não tem nada."
21:37 - 7 de jun de 2018

4 – “Feliz páscoa”
"Para as pessoas de bem, desejo uma FELIZ PÁSCOA. E que o coelhinho da Páscoa traga muita PAZ e chocolate. Para bandidos, desejo tiro, porrada e bomba. E que o coelho morda o rabo deles."
21:23 - 31 de mar de 2018

5 – “Cadeia ou cemitério”
" Desejo um bom descanso e uma boa noite a todos.
(Exceto Bandidos, pois para estes não desejo nada de bom, apenas cadeia ou cemitério). "
18:29 - 27 de set de 2017

6 – “Os bichões”
" Bandido é tudo lixo e se acham os bichões, mas quando trombam a choque ou outra guarnição de quebrada, urinam nas calças."
14:04 - 31 de jul de 2017

7 – Visita íntima na prisão
"Ta na hora de acabar com as visitas intimas nas cadeias, se o bandido quer fazer um sexo que faça com o companheiro de cela."
00:19 - 18 de jul de 2017

8 – Reintegração de bandido
"Sou a favor de reintegrar o BANDIDO á sociedade. Os orgãos vão pra doação, o esqueleto vai pra medicina e o que sobrar vai pra adubo."
18:16 - 27 de jan de 2016

9 – Pena de Morte
" Se dependesse de mim, Bandidos de alta periculosidade Receberiam a PENA DE MORTE. Já os pé de chinélos trabalhariam com uma bola de ferro."
11:02 - 11 de abr de 2017

10 – “Bandido tem que apanhar na cara”
"Bandido tem que apanhar na cara e levar tiro".
15:23 - 13 de dez de 2016

Fahur nasceu em Londrina, no norte do Paraná, é casado, católico, se diz um cidadão de bem, que quer saindo matando geral para impôr a paz na base da bala, da violência e acima da lei, atuou por 35 anos como policial militar rodoviário. O sargento obviamente apoia o candidato Jair Bolsonaro (PSL) à presidência da República, pra poder torturar e matar os trabalhadores e os negros com a legitimidade do estado.




Tópicos relacionados

Extrema-direita   /    Eleições 2018   /    Bolsonaro   /    Sociedade   /    Violência Policial

Comentários

Comentar