GOVERNO BOLSONARO

Novo agrado à bancada da bala: Bolsonaro aumenta salários de policiais do DF em até 25%

Enquanto para a educação há cortes, enquanto para juventude se exige que tenha menos direitos para conseguir ter algum emprego miserável, para os policiais Bolsonaro garante indulto se matarem e aumento salarial.

quarta-feira 25 de dezembro de 2019| Edição do dia

Bolsonaro decretou o aumento dos salários do Distrito Federal em valores que variam de 8 a 25%. Os salários dos policiais do Distrito Federal são pagos pelo governo federal. A medida feita para agradar sua base eleitoral mais dura acontece ao mesmo tempo em que ele concedeu indulto natalino, libertando da cadeia, policiais que tenham matado “sem intenção” e ao mesmo tempo que seguem ataques à educação, como a intervenção na escolha de reitores nas universidades, extinção de carreiras públicas e proibição de concursos nas universidades e reiteradas desculpas para atacar os direitos da juventude e da classe trabalhadora que devem se submeter a carteiras “verde-amarelas”.

A decisão de Bolsonaro de aumentar os salários de policiais do Distrito Federal, por medida provisória está sendo contestada por juristas como inconstitucional, e escancara mais uma vez – se isso não está evidente ainda – como seu governo está desenhado para agradar as forças que são chamadas a reprimir os trabalhadores e a juventude que lutem contra os ataques aos direitos trabalhistas e sociais. Essa medida também tem um apelo político ao presidente que quer um alto engajamento de policiais em seu recém fundado e reacionário partido Aliança pelo Brasil.

Essa medida que gerará centenas de milhões de reais em despesas escancara também como a desculpa de falta de recursos só se aplica aos trabalhadores, seja para votar a Reforma da Previdência ou em numerosos outros ataques planejados com a reforma administrativa.




Tópicos relacionados

Governo Bolsonaro   /    Brasília

Comentários

Comentar