Juventude

Notas sobre um dia ao lado dos trabalhadores da Mecano

Depoimento de um jovem militante sobre a experiência de estar ao lado da classe trabalhadora na luta contra os ajustes e ataques dos governos e dos patrões

terça-feira 16 de agosto| Edição do dia

Hoje, dia 16 de agosto de 2016, nós, da Faísca e do Movimento Nossa Classe, fomos acompanhar a assembléia unificada das metalúrgicas de Osasco. Uma assembléia que demonstrou uma clara disposição de luta e radicalização dos métodos de combate aos cortes de direitos trabalhistas, mas também, uma demonstração clara do quanto o sindicato é burocratizado e antidemocrático, conseguindo facilmente frear todo esse potencial militante dentro de cada operário, e da classe como um todo. 

É urgente uma luta contra a burocracia sindical, precisamos do controle dos sindicatos na mão dos próprios operários, pois somente assim é possível que coloquemos em prática toda a força da classe operária, sem uma âncora burocrática que atende somente aos interesses do governo e do patrão. Precisamos de assembléias realmente democráticas, onde cada trabalhador e trabalhadora consiga expor de forma verdadeira a sua opinião, coisa que não fazem hoje por medo de represálias. 

É hora de radicalizar a luta contra esse governo golpista e que vem pra implementar cortes ainda mais profundos aos direitos trabalhistas do que o próprio PT já vinha fazendo. Os cortes serão cada vez mais profundos e não podemos deixar passar nenhuma oportunidade de forjar uma aliança extremamente forte entre a juventude e a classe operária, pois só assim conseguiremos enfrentar a burocracia dos sindicatos e dos governos. 

É hora de pensar em greve, em piquete, em ocupação! Declaramos apoio incondicional a luta dos operários de Osasco, a sua luta é a nossa luta!

Confira os vídeos da mobillização dos trabalhadores, nesse dia 16, nas fábricas da Mecano Fabril e Meritor, em Osasco




Tópicos relacionados

Greve na Mecano Fabril   /    Movimento Estudantil   /    Juventude

Comentários

Comentar