Gênero e sexualidade

UFABC

Nota do coletivo LGBT Prisma chamando a luta pelas cotas trans na UFABC

Em nota, o coletivo Prisma da UFABC declara apoio a política de cotas para pessoas transgênero na universidade, assim como reivindica a auto-organização de todos os estudantes para impor ao Conselho Universitário essa medida. Veja a nota:

segunda-feira 10 de setembro| Edição do dia

Nota do Coletivo LGBT Prisma - Dandara dos Santos, da UFABC

O Coletivo LGBT Prisma - Dandara dos Santos esta lutando pela aprovação das COTAS para o ingresso de Pessoas Transgêneras nos cursos de Graduação da UFABC - Universidade Federal do ABC esta conquista ajudará dezenas de pessoas transgêneras que estão em extrema vulnerabilidade socioeconômica.

A votação ocorrerá no dia 02/10/2018 no CONSUNI - Conselho Universitário da UFABC, que não é paritário, a decisão esta nas mãos de 40 conselheiras (os) sendo a maioria docentes, pessoas cisgêneras, heteras, brancas, classe média alta e algumas destas com posturas extremamente conservadoras. Portanto, esta luta não será fácil.

Esta luta começou há mais de 02 anos, em 2016, inicialmente contra a transfobia institucional que uma mulher trans trabalhadora terceira sofria na UFABC, era impedida de utilizar os banheiros e vestiários femininos, sofrendo assédio moral e não tendo o seu nome social respeitado, mesmo contrariando a Reitoria conseguimos aprovar o regulamentação do uso dos espaços segregados por gênero, de acordo com a identidade de gênero que as pessoas transgêneras se identificam, na sequência esta trabalhadora terceira foi demitida, mesmo sob nossos protestos ela não foi reintegrada, queremos que isso ocorra tão logo as cotas sejam aprovadas.

Neste mesmo período, 2016-2017, conseguimos criar diversas campanhas e atos de conscientização para que os direitos e a identidade de gênero das pessoas trans sejam respeitados e obtivemos bastante exito. Também iniciamos o pleito por reserva de vagas para o ingresso de pessoas transgêneras nos cursos da UFABC, depois de muito peleia conseguimos no inicio de 2018 aprovar na CPAf - Comissão de Politicas Afirmativas a reserva de 36 vagas para pessoas transgêneras nos cursos de graduação, porém necessitamos que o Conselho Superior da UFABC, CONSUNI, aprove por definitivo esta resolução, somente desta forma já em 2019 teremos o ingresso de pessoas transgêneras por cota.

Precisamos da sua ajuda, nos diga como pode nos ajudar, seu apoio e divulgação deste pleito,faça um video com o celular deitado de até 30 segundos apoiando a implementação das cotas trans, nos mande para que possamos mostrar e pressionar os conselheiros aprovar as "Cotas Trans".
Gostaríamos muito que esta luta chegasse as mídias de noticias, o que nos dará ainda mais força

Enviem os vídeos para leonawolf@outlook.com.br




Tópicos relacionados

Reitoria   /    UFABC   /    Homofobia e Transfobia   /    LGBT   /    Gênero e sexualidade

Comentários

Comentar