Internacional

SANTIAGO MALDONADO

No Rio de Janeiro também se exige o aparecimento de Santiago Maldonado na Argentina

sexta-feira 1º de setembro| Edição do dia

FOTO: Alba Piazza

Hoje, primeiro de setembro; organizações políticas, de direitos humanos e a comunidade argentina do Rio, com a participação do MRT que é organização irmã do PTS no Brasil, estiveram na porta do Consulado argentino para exigir a aparição com vida de Santiago Maldonado.

Santiago Maldonado é um jovem artesão que desapareceu numa manifestação ocorrida na Patagônia argentina, em defesa da luta do povo Mapuche. Esta manifestação também questionava o interesse de grandes corporações capitalistas como a Benneton que é contra o direito aos povos originários da Argentina de te acesso a terra e poder viver em paz.

O sumiço de Santiago Maldonado é de responsabilidade do estado argentino. que vem aumentando o processo de criminalização do protesto social e das manifestações da classe trabalhadora. Trata-se do governo que também reprimiu duramente a luta dos operários da PepsiCo em defesa dos seus 600 postos de trabalho. Neste ato, todas organizações presentes disseram mais uma vez que não aceitarão mais esta ofensiva repressiva do governo Macri e se solidarizaram ativamente nesta, que deve ser uma primeira manifestação parte de uma jornada internacional pelo aparecimento de Santiago Maldonado.

Simone Ishibashi esteve junto à manifestação representando o MRT e entregou, junto aos outros organizadores da manifestação, uma carta ao cônsul argentino exigindo que se tomem providências e deixando claro que se trata mais uma ação repressiva do governo de Macri. É necessário a ampliar esta campanha e ligá-la à luta pelo direito dos povos originários à terra. Veja o vídeo:




Tópicos relacionados

PTS   /    Argentina   /    Internacionalismo   /    Rio de Janeiro   /    Internacional

Comentários

Comentar