Gênero e sexualidade

ARGENTINA - UNVERSIDADE DE BUENOS AIRES

No 8A fomos milhões: e agora como continuamos?

Na Universidade de Buenos Aires, atividades abertas serão promovidas durante a semana para discutir com os alunos como continuar após o 8A.

terça-feira 14 de agosto| Edição do dia

Em cada Faculdade da UBA os alunos se preparam esta semana para reunir-se e discutir juntos como continuar a luta pelo direito ao aborto. Também vão discutir o grito que está se espalhando sobre a separação da Igreja do Estado, que foi reforçada após a votação do Senado, onde ficou clara a relação carnal entre a Igreja Católica e as instituições políticas, como o congresso e os senadores, que votaram contra milhões de mulheres que estavam nas ruas.

A maré verde se espalhou nas faculdades. É por isso que desde o grupo Pão e Rosas estão chamando estes espaços de base para discutir sobre as tarefas do movimento de mulheres, das e dos estudantes e fortalecer a organização.

Em Filosofia e Letras, desde a presidência do centro de estudantes CeFyL, convocam para quarta-feira 15 às sete da tarde em Puan 480.

Na CBC do paternal e da Faculdade de Ciências Econômicas será na quinta-feira 16 às seis e meia da tarde no pavilhão I do Paternal.

Em Ciências Sociais a chamada é para a quinta-feira 16 às sete da tarde na mesma faculdade.

Em Direito se reunirão na quinta-feira 16 às seis e meia da tarde na faculdade.

Em Psicologia a proposta é fazer um dia artístico na sexta-feira 17 desde as quatro da tarde.

No CBC da Cidade Universitária também preparam um dia artístico e propõem pintar um mural na sexta-feira, dia 24.




Tópicos relacionados

Separação da Igreja e do Estado   /    8A   /    Legalização do Aborto   /    Juventude    /    Aborto   /    Igreja Católica   /    Direito ao aborto   /    Gênero e sexualidade

Comentários

Comentar