Mundo Operário

Nicolás Del Caño, excandidato a presidente da Frente de Esquerda na Argentina, apoia a campanha #SintuspFica

terça-feira 17 de janeiro de 2017| Edição do dia

Nicolás Del Caño, ex-candidato a presidente da Argentina pela Frente de Esquerda e dos Trabalhadores (FIT), e militante do PTS (organização irmã do MRT na Argentina) manifestou solidariedade com a luta dos trabalhadores da USP em defesa de seus direitos de organização e contra a atitude antisindical da Reitoria de USP, que busca remover o sindicato de sua sede histórica sem oferecer qualquer tipo de alternativa, chegando inclusive a cercear o espaço do sindicato com a construção de uma grade de isolamento.

Principal referente da esquerda argentina, Del Caño se pronunciou contra a perseguição política da Reitoria da USP e repudiou o uso do aparato repressivo da polícia por parte da USP para violar o direito de organização dos trabalhadores.

Para ver a legenda, clique em "Legendas/CC"

A solidariedade operária não tem fronteiras: os trabalhadores em luta na USP receberam manifestações solidárias do México (como também do professor da Universidade Nacional Autônoma do México, Sergio Moissen) e do Chile, com a vice-presidenta da Federação de Estudantes da Universidade do Chile, Bárbara Brito, em defesa de seu sindicato e sua liberdade de organização, contra a violação da USP.

Nesta última quinta-feira, reunindo dezenas de carros, os trabalhadores da USP andaram em carreata pela cidade universitária do campus Butantã furando o bloqueio montado a mando da Reitoria para isolar a sede do Sindicato dos Trabalhadores da USP (Sintusp), e concluem ato em defesa da sede sindical e contra a medida de restrição da organização dos trabalhadores.

Neste dia 19/1 haverá o grande ato em defesa do Sintusp. Todos presentes no #SintuspFica!




Tópicos relacionados

#SintuspFICA   /    SINTUSP   /    Argentina   /    Frente de Esquerda e dos Trabalhadores (FIT)   /    PTS na FIT   /    USP   /    Mundo Operário

Comentários

Comentar