Educação

"Não pode bater nos professores", emociante ato de pais e mães em apoio aos professores de SP

terça-feira 20 de março| Edição do dia

No início desta tarde de terça-feira, dia 20, pais e mães da prefeitura levaram seus filhos para uma manifestação em frente a Câmara Municipal de São Paulo como mais uma forma de demonstrar a força da luta dos professores e servidores municipais em greve. O calendário de hoje conta com uma série de manifestações contra a Reforma da Previdência de Dória, além de ser mais um dia de luta em repúdio à morte de Marielle.

As crianças e seus responsáveis marcharam em frente a Câmara, cantando palavras de ordem em repúdio aos ataques do governo Dória e em defesa dos professores municipais em greve, que estão desde o dia 8 de março paralisados contra a reforma que prevê aumentar a contribuição dos servidores para a previdência de 11% para 14%, sendo que em alguns casos este valor pode chegar a 19%.

Veja a cobertura ao vivo do ato no Facebook.

Além de marchar em defesa dos professores, os pequenos cantaram no megafone palavras de ordem pelo fim da polícia militar e deram depoimentos dizendo que o governo Dória não pode bater nos seus professores, e que querem o Dória fora da prefeitura. As crianças são estudantes das escolas em greve e fizeram com seus pais essa passeata como forma de prestar apoio aos professores em greve.

A partir das 14hrs haverá mais um ato dos professores em frente a Câmara em repúdio à reforma de Dória e as 17hrs haverá um ato em memória de Marielle, vereadora do PSOL covardemente assassinada por se levantar contra a intervenção militar no Rio de Janeiro. Envie para o ED e para a página do Nossa Classe Educação denúncias, opiniões, notícias, depoimentos e some também suas forças em defesa dessa greve em defesa da aposentadoria dos servidores do município.




Tópicos relacionados

Greve Professores Municipais SP   /    Educação   /    São Paulo (capital)

Comentários

Comentar