Educação

CAMPANHA FMU

Não à entrega da FMU para os tubarões da educação. Estatiza já!

A educação superior de inúmeros jovens e o emprego de centenas de professores valem mais que os lucros da Laureate! Defendemos a estatização da FMU sob controle dos funcionários, professores e estudantes!

sexta-feira 7 de julho| Edição do dia

A corporação de ensino norte-americana a Laureate tem comprado diversas instituições privadas de ensino superior ao redor do mundo, no sentido de ser mais um grande monopólio da educação que, para manter seus lucros, demite professores, expande opções de ensino a distância, diminui a carga horária de aulas e aumenta a mensalidade dos estudantes, enquanto os cursos e a infraestrutura da FMU se veem cada vez mais deteriorados.

Saiba mais: "A Laureate só pensa em seus lucros, e ainda demite professores", denunciam alunos da FMU

Ou seja, trata-te de uma ofensiva da multinacional de sair em busca de "mercado" de instituições de ensino que possa comprar para aplicar a sua política educacional, cuja finalidade é o lucro da corporação e não a qualidade de ensino, que leva a esse desmantelamento ainda maior da FMU. Através do Esquerda Diário, defendemos que a nossa educação vale mais que os lucros dos tubarões da educação, portanto que a FMU saia das mãos dessas corporações e seja estatizada, para que a universidade e suas finalidades educacionais possa ser gerida pelos seus estudantes, professores e funcionários.

Os professores da FMU deflagraram greve após as mais de 200 demissões ocorridas neste mês, assim como os estudantes marcaram uma manifestação para o dia 15 de Julho em São Paulo. A luta na FMU pode derrotar a política desses tubarões e reverter seus ataques!

Confira a divulgação da manifestação: Estudantes da FMU organizam manifestação contra desmonte da Universidade dia 15




Tópicos relacionados

FMU   /    Educação   /    Privatização   /    Educação   /    Professores

Comentários

Comentar