Educação

PORTO ALEGRE

Municipários de Porto Alegre seguem em greve e convocam manifestação para esta quarta

Nesta terça-feira (17), após um dia de muitas manifestações em Porto Alegre contra Marchezan e Sartori, os trabalhadores do município, em assembleia lotada, votaram pela continuidade da greve e votaram nova agenda de mobilização. Nesta quarta (18) ocorrerá um ato em frente à prefeitura.

terça-feira 17 de outubro| Edição do dia

Nesta terça-feira os municipários de Porto Alegre, em mais uma forte assembleia da categoria, decidiram manter a greve contra o parcelamento de salários e contra os ataques de Marchezan (PSDB). Uma nova assembleia da categoria ocorrerá na próxima terça (24) às 14h, na Casa do Gaúcho.

Na manhã desta terça-feira municipários e municipárias em greve mais uma vez demonstraram a força da sua luta em marchas e piquetes. A luta dos trabalhadores conta com grande apoio da população, que também vem sendo atacada pelo prefeito.

Na assembleia a categoria também decidiu realizar assembleias por secretarias. Além disso, atos permanentes no Paço Municipal e vigília na Câmara de Vereadores nas segundas, quartas e quintas, a partir das 14h, foram deliberados. Veja a agenda da greve, divulgada pelo Simpa, para esta semana:

Dia 18, quarta-feira:

– 8h às 11h: ato no Paço Municipal;
– 13h: Vigília na Câmara.

Dia 19, quinta-feira:

– Concentração a partir das 8h na Secretaria Municipal de Saúde, seguida de caminhada até à Câmara Municipal (a partir das 11h, vigília na Câmara, devido à realização da reunião semanal de líderes).

Dia 20, sexta-feira:
– 8h30: concentração no Paço Municipal
– 10h30: ato contra a intolerância religiosa no Paço Municipal

Sábado, dia 21:
– Prefeitura nos Bairros, das 10h às 16h, no campo de futebol da Vila Nova Brasília, Sarandi.




Tópicos relacionados

Marchezan   /    Porto Alegre   /    Crise gaúcha   /    Educação   /    Mundo Operário

Comentários

Comentar