GREVES NO RS

Municipários aprovam em assembleia ato de abraço à Carris nessa sexta-feira

terça-feira 24 de outubro| Edição do dia

Foto: Marco Ruas / Especial CP

Nessa terça-feira, 24, os municipários de Porto Alegre realizam uma massiva assembleia que aprovou a continuidade da greve, recusando a absurda proposta de Marchezan de simplesmente prorrogar seus ataques em 40 dias.

Além da continuidade da greve, os servidores de Porto Alegre votaram uma importante medida de solidariedade à luta dos trabalhadores da Carris, empresa municipal de transporte que está sendo ameaçada de privatização por Marchezan.

Com mais de uma semana em vigília, os trabalhadores da Carris impuseram um recuo a Marchezan, mas sua intenção de privatizar a empresa continua de pé.

Os municipários decidiram realizar nessa sexta uma manifestação na sede da Carris, com um abraço coletivo para expressar seu apoio aos rodoviários em luta. Essa aliança é fundamental, não apenas porque a privatização da Carris é um ataque à toda a população que depende do transporte público, mas também porque é apenas unificando nossas lutas que podemos impôr uma derrota aos planos de ataque de Marchezan e Sartori.

Veja também: 5 propostas para derrotar Sartori e Marchezan com a força da mobilização

Empresas de ônibus de Porto Alegre anunciam ataque com atraso dos salários e 13°

Secretário de Sartori “negocia” com educadores em greve em menos de cinco minutos




Tópicos relacionados

Greve Municipários Poa   /    Marchezan   /    transporte público poa   /    Sartori   /    Greve Professores RS   /    Greve   /    Porto Alegre   /    Crise gaúcha

Comentários

Comentar