Política

DORIA E SUA "ATUAÇÃO" DE CADEIRANTE

Mulher cadeirante deixa o prefeito João Doria em situação vexatória

terça-feira 21 de novembro| Edição do dia

Uma mulher cadeirante que se encontrava no local após ser cumprimentada pelo prefeito o cobrou quanto à acessibilidade da cidade. “Linda a escada, maravilhosa, só não tem acessibilidade para o cadeirante. E muito bom o senhor sentar em uma cadeira de rodas em um lugar que é plano e fingir que tem acessibilidade, mas aqui não tem.” Esta última afirmação fez alusão ao fato de Doria, no início do ano, ter andado em uma cadeira de rodas em uma área plana na Vila Maria (Zona Norte). Elizabete Nascimento, ainda expressou o difícil cotidiano e o risco de morte dos cadeirantes diante da ausência de políticas públicas que viabilizem o direito pleno a cidade.

O prefeito informou que não é possível realizar obras no Viaduto Santa Ifigênia, região central da cidade, pois ele é tombado pelo patrimônio histórico. Entretanto, João Doria não apresenta nenhuma outra proposta imediata para o entorno. Apenas informou que há um projeto de reforma das calçadas para 2018.

As cenas da situação relatada acima foram exibidas no programa “SP TV” da emissora Globo.




Tópicos relacionados

João Doria   /    Política   /    Gênero e sexualidade

Comentários

Comentar