Sociedade

MOVIMENTO DE MORADIA

Movimento ocupa sede da CDHU e secretaria de Habitação de SP em luta por moradia

quinta-feira 29 de junho| Edição do dia

(Foto: Marcel Roncon/Estadão Conteúdo)

Para cobrar a construção de mais moradias populares, as 10 mil prometidas pelo governador Geraldo Alckmin em 2013, manifestantes protestam no prédio sede da secretaria de Habitação e da Companhia de Desenvolvimento Habitacional e Urbano, no centro da capital, desde o final da tarde dessa quarta-feira, 29.

Eles passaram a noite em barracas montadas no saguão de entrada e do lado de fora do edifício, ocupando duas das três faixas da Rua Boa Vista, próximo ao Páteo do Colégio. A entrada do prédio está liberada para os funcionários nesta manhã.

A manifestação é coordenada pela União dos Movimentos de Moradia de São Paulo (UMMSP). O grupo afirma que só deixará o local após ser recebido pelo presidente da CDHU, Carlos Alberto Fachini, ou pelo governador Geraldo Alckmin (PSDB). A ocupação começou por volta das 18 horas dessa quarta, após uma passeata que aconteceu durante a tarde.

As informações são de que o protesto reunia cinco mil pessoas e que cerca de mil permaneceriam no local durante a noite e madrugada.

Com informações da Agência Estado




Tópicos relacionados

Moradia   /    Sociedade

Comentários

Comentar