Política

MORO CONDENA LULA

Moro, treinado nos EUA, jura que é imparcial e não tem interesses

O juiz Sergio Moro condenou Lula a prisão no dia de hoje, quarta feira, a 9 anos e 6 meses de prisão pelos supostos crimes de corrupção e lavagem de dinheiro no caso do triplex no Guarujá, em São Paulo. Após a sentença, o juiz buscou afastar sua figura pessoal da condenação, colocando-se como um mero julgador imparcial, e que a condenação não lhe traria “qualquer satisfação pessoal”.

quarta-feira 12 de julho| Edição do dia

Luis Inácio Lula da Silva foi condenado pelo juiz Sergio Moro no dia de hoje, quarta-feira, a 9 anos e 6 meses de prisão pelos supostos crimes de corrupção e lavagem de dinheiro no caso do triplex no Guarujá, em São Paulo. Após a sentença, o juiz buscou afastar sua figura pessoal da condenação, colocando-se como um mero julgador imparcial, e que a condenação não lhe traria “qualquer satisfação pessoal”.

“Registre-se que a presente condenação não traz a este julgador qualquer satisfação pessoal, pelo contrário. É de todo lamentável que um ex-presidente da República seja condenado criminalmente, mas a causa disso são os crimes por ele praticados e a culpa não é da regular aplicação da lei. Prevalece, enfim, o ditado “não importa o quão alto você esteja, a lei ainda está acima de você” (uma adaptação livre de “be you never so high the law is above you”)”, afirmou Moro.

Ainda que Moro, busque constantemente reiterar o papel imparcial da Justiça burguesa e da Operação Lava Jato, em particular, as evidências do contrário são várias. Desde a formação de Moro, que recebeu treinamento nos EUA, como comprova documento vazado pelo Wikileaks, a própria forma de atuação da Lava Jato, que se deteve na caça às empresas estatais e gigantes privadas nacionais com papel de destaque internacional; a operação sempre se portou como braço do imperialismo, denunciando os estreitos laços a que ela sempre esteve vinculada.

VEJA TAMBÉM: A Lava Jato como parte da disputa entre imperialismos




Tópicos relacionados

Sérgio Moro   /    Operação Lava Jato   /    Lula   /    Política

Comentários

Comentar