MRT

Continuidade do golpe

Moro decreta prisão de Lula até amanhã para dar continuidade ao golpe

quinta-feira 5 de abril| Edição do dia

Dando continuidade ao golpe institucional, após a votação de 6 ministros do STF que passou por cima do direito de milhões de pessoas de decidir em quem votar, ao negar o Habeas Corpus ao Lula, o judiciário segue atuando como partido em suas decisões politicamente seletivas.

O juiz Sérgio Moro, em continuidade a este processo arbitrário para garantir a continuidade do golpe, acaba de decretar nesta quinta-feira (05/04) a prisão de Lula, dando como prazo até as 17h da sexta-feira para que o ex-presidente se entregue à Polícia Federal. Veja o texto expedido por Moro abaixo:

Veja declaração de Diana Assunção contra o sequestro do direito básico do povo decidir em quem votar:

Com o fortalecimento de instituições reacionárias como a Polícia Federal e o judiciário, a direita e os grandes capitalistas fortalecem os instrumentos que possuem para ataque dos direitos dos trabalhadores segundo seus interesses. Enquanto isso o PT e as maiores Centrais Sindicais permanecem imóveis, apostando mais na "justiça" e em seus velhos acordos de conciliação com os burgueses do que na luta de classes para barrar estes ataques. CUT e CTB devem acabar com a trégua a Temer, organizando assembleias de base para erguer uma grande luta pelos direitos democráticos, do povo decidir em quem votar, e barrar ataques como da reforma trabalhista. Só com a força da mobilização da classe trabalhadora é possível reverter este cenário, e impor uma Assembleia Constituinte Livre e Soberana para revogar todos os ataques de Temer e dos governos anteriores, como a Reforma Trabalhista, que os corruptos sejam julgados por juri popular, que todo político e todo juiz ganhe como uma professora, como um trabalhador comum.

Leia também:
STF golpista define pela prisão de Lula; militares e Globo aplaudem

"É urgente mobilização massiva contra prisão de Lula", diz Diana Assunção do MRT




Tópicos relacionados

Julgamento de Lula   /    golpe   /    Golpe institucional   /    Sérgio Moro   /    "Partido Judiciário"   /    Lula   /    MRT   /    Poder Judiciário   /    Política

Comentários

Comentar