Sociedade

HIGIENISMO

Moradores de rua são acordados com jatos de água

Nem o frio recorde de dessa madrugada foi suficiente para freiar a política higienista de Dória. Na manhã de hoje (19), conforme informações da rádio CBN, moradores de rua foram acordados com jatos de água. Além disso, em vídeo divulgado nas redes sociais, é possível visualizar a crueldade da atuação dos agente públicos sob comando da prefeitura, que mais uma levaram pertences dos moradores, como barracas e cobertores.

quarta-feira 19 de julho| Edição do dia

Nesta madrugada (19), a capital paulista registrou a temperatura mais baixa do ano (7ºC). Um morador de rua foi vítima desse frio recorde. Entretanto, nem mesmo esse frio recorde foi capaz de impedir a crueldade das ações higienistas por parte da prefeitura de Dória.

Segundo informações da rádio CBN, moradores da praça da Sé foram acordados com jatos de água, durante a limpeza da praça nessa manhã. Além disso, em vídeo que circula nas redes sociais, é flagrado o momento em que os agentes da prefeitura abordam os moradores de rua, arrancando a força seus pertences, como barracas e coebertores.

Não é a primeira vez que agentes da prefeitura ou a GCM são flagrados levando pertences de moradores de rua. Essa ação é apenas mais uma evidência da política higienista levada pela gestão de Dória, como podemos ver na “limpeza” que querem promover na Cracolândia, derrubando prédios com pessoas dentro,para promover ainda mais especulação imobiliária na região central, em detrimento da vida dessas pessoas.




Tópicos relacionados

João Doria   /    Sociedade   /    Política

Comentários

Comentar