Internacional

LUCROS E ENVENENAMENTO

Montadoras alemãs submetem pessoas e macacos a testes com fumaça potencialmente tóxica

segunda-feira 29 de janeiro| Edição do dia

A mídia alemã trouxe à tona um escandaloso caso envolvendo algumas das montadoras de automóveis mais importantes do país.

Em 2014, a Volkswagen, BMW e Daimler submeteram seres humanos e macacos a testes feitos com fumaça de diesel para verificar seus efeitos. Os testes foram realizados em território norte-americano, envolvendo dezenas de macacos e 25 pessoas, e seu objetivo era averiguar os efeitos da inalação de fumaça e de óxidos de nitrogênio provenientes da queima do diesel. Essas informações foram veiculadas pelo jornal "Süddeutsche Zeitung".

O governo alemão, por meio de seu porta-voz Steffen Seibert, emitiu um comunicado:

"Esses testes com animais e também com as pessoas não encontram nenhuma justificativa no plano ético. A indignação de tantas pessoas é absolutamente compreensível", disse Seibert informando aos jornalistas que ela pediu "esclarecimentos" sobre a denúncia. "As indústrias de automóveis deveriam limitar as emissões e não provar uma suposta inocuidade", acrescentou.

Também o presidente da Baixa Saxônia, província onde fica uma das maiores plantas da Volkswagen, condenou o fato afirmando que as denúncias são "absurdas e nauseantes", e disse que "Se os testes não foram feitos para proteger os funcionários nas fábricas, mas apenas por marketing e por vendas, não encontro nenhuma justificativa aceitável para procedimentos do tipo". Ou seja, por trás de sua condenação procura ainda encontrar uma "justificativa aceitável" para esse crime absurdo.

Já as empresas soltaram declarações padrão dizendo que não compactuam com esse tipo de prática. O que devemos ter claro é que esse tipo de crime, por mais que seja hoje condenado publicamente por imprensa, governos e executivos das fábricas ao se tornar um escândalo de proporções internacionais, representa uma regra no capitalismo, e não uma exceção.

Crimes ambientais, contra a saúde e a integridade física de animais e seres humanos são cometidos diariamente ao redor do mundo por empresas como as montadoras envolvidas nesse caso. Trabalhadores morrem em milhares de acidentes de trabalho cotidianamente, como esse em Campinas. Os governos encobrem os crimes dos capitalistas e garantem seus lucros exorbitantes às custas do meio ambiente e dos seres humanos e animais. Apenas uma sociedade que acabe com o lucro como regra e coloque as necessidades humanas e do meio ambiente em primeiro lugar poderá efetivamente dar fim a episódios inaceitáveis como esse.




Tópicos relacionados

Acidentes de Trabalho   /    Meio Ambiente   /    Internacional

Comentários

Comentar