Internacional

ARGENTINA

Mobilização na Chancelaria em repúdio a visita de Peña Nieto

A mobilização teve início na Plaza de Mayo com destino a Chancelaria. Participaram organizações de esquerda, direitos humanos e residentes mexicanos na Argentina.

sábado 30 de julho| Edição do dia

1 / 4

Jimena Vergara, integrante do Movimento de Trabalhadores Socialistas do México, que esteve presente na marcha, declarou ao Esquerda Diário “estamos aqui na mobilização que está se iniciando em repúdio à visita de Peña Nieto à Argentina”.

“A mobilização foi convocada pela Assembleia de mexicanos na Argentina. Ao chamado aderiram várias organizações como o Encontro Memória, Verdade e Justiça, o CeProDH, a juventude do PTS, a Agrupação Docente 9 de Abril, Esquerda Socialista, Partido Operário e outras organizações”, completou.

Vergara indicou que “se esta repudiando a repressão de Peña Nieto contra os docentes mexicanos, a flagrante violação dos Direitos Humanos, em particular o desaparecimento de 43 estudantes secundaristas”. No caso dos docentes, no último dia 9 de junho, foram assassinadas pelo menos 11 pessoas.

“Estamos repudiando também a reforma na educação de Peña Nieto, a velada reforma que pretende impor o governo Macri e os tratados de livre comércio servis ao imperialismo”.

A mobilização teve inicio na Plaza de Mayo e terminou na Chancelaria, onde o presidente do México fez um pronunciamento.




Tópicos relacionados

México   /    Internacional

Comentários

Comentar