Política

CHAPA DILMA-TEMER TSE

Ministro que não confere conta bancária vota contra cassação

Ministro Admar Gonzaga, que declarou não conferir sua conta bancária, já que recebe super-salários vota contra a cassação da chapa Dilma-Temer

sexta-feira 9 de junho| Edição do dia

Ministro Admar Gonzaga que mais cedo foi considerado inapropriado pelo Ministério Público Federal para julgar a ação que pede cassação da chapa Dilma-Temer por ter advogado em 2010 na campanha de Dilma, votou contra a cassação.

O mesmo ontem declarou não verificar sua conta bancária, afinal com seu super-salário não precisa preocupar-se em averiguar sua conta, contrário da maior da população, e apoiado na declaração anterior de Napoleão Nunes, votou contra a cassação da chapa, assim mantendo o golpista Temer no poder, já que segundo ele abuso de poder político e caixa dois não é motivo para perda de mandato.




Tópicos relacionados

Chapa Dilma-Temer   /    Política

Comentários

Comentar