Política

RICARDO SALLES

Ministro do Meio Ambiente é recebido com vaias de manifestantes em evento da ONU na Bahia

Nessa quarta (21), em evento da ONU sediado em Salvador, chamado Semana Latino-Americana e Caribenha sobre Mudança no Clima, o ministro motosserra do Meio Ambiente, Ricardo Salles, foi merecidamente vaiado durante sua participação na abertura do evento.

quarta-feira 21 de agosto| Edição do dia

Nessa quarta (21), em evento da ONU sediado em Salvador, chamado Semana Latino-Americana e Caribenha sobre Mudança no Clima, o ministro motosserra do Meio Ambiente, Ricardo Salles, foi merecidamente vaiado durante sua participação na abertura do evento.

Enquanto ele discursava cinicamente, ressaltando a importância da “proteção ao meio ambiente, a apresentação de temas em defesa do meio ambiente”, se mostrando “preocupado” com o assunto, manifestantes vaiavam o ministro e protestavam contra as ações do Ministério do Ambiente e às queimadas na Amazônia.

Veja o vídeo das vaias aqui:

Ainda sobre a escuridão que tomou conta de São Paulo no dia anterior, Ricardo Salles criminosamente ironizou, afirmando que as explicações que culpam as queimadas das florestas brasileiras como a causadora do fenômeno são fake news. No entanto, até mesmo a NASA confirma que o número de focos de queimada cresceu no Brasil exponencialmente entre janeiro e agosto, sendo os maiores números registrados nos últimos anos, sendo que muito dessa prática advém de métodos utilizados para a “limpeza” do terreno para plantio de novas safras ou para abrir espaço para o gado, um modo de exploração da terra que é predatória e em prol do lucro de poucos do agronegócio, e o que é exatamente o que o ministro vaiado do Ambiente quer ampliar no país, ameaçando populações indígenas e aumentando a escala da violência pela posse da terra.




Tópicos relacionados

Amazônia   /    Ministério do Meio Ambiente   /    Governo Bolsonaro   /    Jair Bolsonaro   /    Meio Ambiente   /    Política

Comentários

Comentar