Educação

censura nas universidades

Ministro da Educação de Bolsonaro, Ricardo Vélez, trabalha para censurar reitorias de Universidades Federais

O atual ministro da Educação Ricardo Vélez, um dos alunos do guru Olavo de Carvalho, vem trabalhando com sua equipe mais uma forma de censura a ser perpetrado pelo governo Bolsonaro. A bola da vez são os reitores das universidades federais. Relatado pelo portal Radar - VEJA, esse trabalho vem sendo executado desde antes de assumirem o mandato.

terça-feira 15 de janeiro| Edição do dia

Vélez, como todos os mandatários de Bolsonaro, já deu demonstrações claras de seguir a linha de seu mentor e pretende colocar em prática as bravatas cuspidas por Bolsonaro em seus discursos eleitorais e durante toda sua longa vida congressual. Dentre elas está a de perseguir e calar a esquerda em suas variadas representações, para isso prepara um mapeamento das inclinações políticas dos reitores das universidades federais.

Um de seus aliados regionais mais próximos, o governador do Rio de Janeiro, Wilson Witzel (PSC - RJ), também segue a linha autoritária e provocou um ato de censura neste domingo, 13 de janeiro, contra uma exposição que estava sendo realizada na Casa França-Brasil

A patrulha ideológica sob a educação é um dos carros-chefe do atual governo, com o projeto Escola sem Partido sendo o principal ataque e perseguição aos profissionais da educação nas escolas. Agora o ministro dá mais uma mostra de também estar mirando no ensino superior perseguindo a liberdade de posicionamento de seus profissionais, como já havia declarado o absurdo de impor critérios ideológicos para a concessão de bolsas de pesquisa.

O Esquerda Diário se coloca à disposição dos que lutam contra essa patrulha ideológica promovida pelo governo, sendo uma ferramenta para desmascarar o cinismo e a censura de Bolsonaro e seus correligionários sendo uma opção de esquerda e revolucionária frente aos conglomerados da mídia burguesa.




Tópicos relacionados

Censura   /    Escola sem partido   /    Educação   /    Universidades Federais   /    Educação

Comentários

Comentar