INTERNACIONAL

Milhares vão às ruas na Nova Zelândia por justiça a George Floyd

quarta-feira 3 de junho| Edição do dia

A onda de protestos antirracistas por justiça a George Floyd se espalham por diversas partes do mundo. Na segunda feira foi a vez da Nova Zelândia. A população ocupou as ruas para gritar que vidas negras importam, num ato de solidariedade às manifestações que têm acontecido nos EUA e de revolta pelas mortes de pessoas negras pelas mãos da polícia, que não são particulares da polícia estadunidense.

Foram milhares nas ruas de Auckland, na Nova Zelândia, com imagens impressionantes de ruas lotadas e todos os manifestantes de joelhos em homenagem a George Floyd. Na manifestação em Auckland, os manifestantes também realizaram a dança haka, uma dança de guerra dos povos Maori. Essas demonstrações de solidariedade e unidade da juventude e dos trabalhadores internacionalmente mostra a disposição que há, mesmo em meio a uma pandemia, para lutar contra esse sistema capitalista que assassina os negros e negras ao redor do mundo através das mãos da polícia e, atualmente, pela COVID-19.

Aqui no Brasil, nessa última semana houveram demonstrações maiores de disposição à luta também. Vimos em São Paulo, Porto Alegre, Curitiba e Belo Horizonte a juventude e trabalhadores indo às ruas nas manifestações antifascistas. É preciso massificar essas mobilizações que estão sendo chamadas ao redor do país, tomando como exemplo as mobilizações nos EUA, para lutar contra a polícia racista que matou João Pedro, João Vitor, Ágatha e milhares de outros jovens negros. Para isso é preciso que lutemos unificadamente contra Bolsonaro e Mourão, esse governo reacionário e saudosista da ditadura militar. Se inspirando na força dos negros e negras que hoje lutam contra o racismo e o governo de Trump é preciso erguer fortes atos antirracistas, contra Bolsonaro, Mourão e todos os inimigos dos trabalhadores.




Tópicos relacionados

Justiça para George Floyd   /    George Floyd   /    Racismo   /    [email protected]   /    Internacional

Comentários

Comentar