15M

Metalúrgicos paralisam a produção saem às ruas de Osasco contra os ataques à aposentadoria

Fábio Nunes

Vale do Paraíba

quarta-feira 15 de março| Edição do dia

Mais uma vez nesse 15 de março os trabalhadores metalúrgicos de Osasco deram importante exemplo de mobilização; assim como nas paralisações anteriores, em agosto, setembro e novembro do ano passado paralisaram a produção por todo o período da manhã contra os ataques aos direitos trabalhistas e a reforma da previdência.

Juca, estudante de Letras da USP, militante da Faísca e do Pão e Rosas fala direto do ato de metalúrgicos

Os metalúrgicos impuseram a seu sindicato a paralisação, mostrando forte disposição à luta, se somando ao dia de paralisação de hoje. O sindicato queria uma paralisação o menos combativa possível; na passeata votada de forma unânime pelos trabalhadores nas ruas do centro da cidade o sindicato queria ocupar apenas duas faixas da avenida central e os trabalhadores impuseram a ocupação de toda avenida.

Por volta de 500 a 600 metalúrgicos participaram da manifestação. Nós do esquerda Diário, do movimento nossa classe e da juventude Faísca mais uma vez estivemos ao lado dos trabalhadores nesse importante dia de luta.

Santiago e Seiji comentam a mobilização dos metalúrgicos em Osasco




Tópicos relacionados

15M   /    Osasco   /    Reforma da Previdência   /    Metalúrgicos   /    Reforma Trabalhista

Comentários

Comentar