Mundo Operário

DEMISSÕES NA MERCEDES

Mercedez Benz demite outros 370 trabalhadores

Na última quarta-feira, 7, a empresa Mercedes Benz unidade São Bernardo do Campo no ABC Paulista anunciou a demissão de 370 funcionários, mesmo com 1.047 funcionários terem aderido ao PDV (Plano de Demissão Voluntária).

Maíra Machado

ABC paulista

quinta-feira 8 de setembro| Edição do dia

A justificativa apresentada pela empresa para os desligamentos foi de que o número de funcionários que teriam de ser dispensados de suas funções não fora atingido com o PDV, com isso foi preciso cortar do quadro ainda mais trabalhadores.

O Sindicato dos Metalúrgico do ABC informou que as demissões estão ocorrendo via telegrama nas residências dos funcionários.

O cenário é chocante e precário. Enquanto mais trabalhadores são colocados na rua, as contas a pagar continuam chegando todo fim do mês, a inflação não para de crescer. Assim os trabalhadores enfrentam a condição de não terem como sustentar suas famílias, pagando por uma crise orgânica instaurada no país, da qual não tem nenhuma parcela de responsabilidade .

Enquanto a demissões correm a largos passos impondo uma realidade crítica aos trabalhadores, CUT e CTB seguem no clima de acordos e conciliações que em nada beneficiam os funcionários. As principais centrais sindicais do país precisam romper com a paralisia e organizar de fato a classe trabalhadora rumo a greve geral para barrar as demissões.




Tópicos relacionados

Demissões na Mercedes   /    Mundo Operário

Comentários

Comentar